DSC_0228

Na tarde dessa terça-feira (18), o Legislativo Municipal realizou a inauguração da “Galeria de Fotos dos Ex-Presidentes da Câmara” e o descerramento da “Placa da 7ª Legislatura (2017-2020)”.

DSC_0157

A Galeria de Fotos foi possível através do Projeto de Lei nº 056/2018 e da compra do acervo do Jornal de Fato, ambas iniciativas da presidenta do Legislativo Municipal, vereadora Ieda Maria Bilhalva, para recuperar a história da Câmara, uma vez que quase todo o acervo histórico do Legislativo foi perdido com o incêndio da antiga sede, em 2014.

DSC_0028

Durante a homenagem, a presidenta Ieda discursou sobre a importância da Galeria para a história do município e da Câmara.

DSC_0152

“Desde que entrei na Câmara, sentia falta da Galeria dos Presidentes do Legislativo, pois é parte da nossa história. Por isso, me empenhei, junto da minha equipe, para tornar essa Galeria uma realidade e, agora, disponível para a nossa comunidade. E é como dizem: ‘povo que não tem história, não tem cultura’”, enfatizou a presidenta.

DSC_0189

 

DSC_0202

Os ex-presidentes da Câmara de Nova Santa Rita das Legislaturas de 1993 até 2015 compareceram no ato e discursaram agradecendo a homenagem e lembrando os desafios que enfrentaram para o desenvolverem o município em seus diversos momentos.

DSC_0207

DSC_0233 DSC_0144 DSC_0138 DSC_0132 DSC_0122 DSC_0117 DSC_0111 DSC_0104 DSC_0091 DSC_0150

Desde sua emancipação política, os presidentes do Legislativo Municipal de Nova Santa Rita foram os seguintes (até 2015):

Antônio Carlos Quadros (1994), Antônio Dionísio Fraga Pfeil (1996, 2000 e 2014), Carlos Diogo da Silva Amorim (1998, 2005 e 2012), Claudio de Motta (2006), Daniel da Rosa Hoffmann (2011), Edegar Damiani Prestes (1999, 2003 e 2010), Édio Estivalete Bilhalva (2007), Guilherme Augusto F. Mota (2015), Ildo Maciel da Luz (2013), José Adalmir Gonçalves Rosales (2009), Júlio Cézar Fraga da Silva (2008), Marcus Vinícius Feijó da Rocha (2001), Margarete Simon Ferretti (1995 e 1997), Marli da Silva Castro (2004 e 2016), Paulo Ricardo Scalcon (1993) e Renato da Silva Machado (2002).

Seu email não vai ser publicado. Itens obrigatório *

*