Atualização dos casos e o que pode ou não na vigência da bandeira preta

Atualização dos casos e o que pode ou não na vigência da bandeira preta

A suspensão temporária do sistema de cogestão regional e a fixação da bandeira preta em todo estado do Rio Grande do Sul até 21 de março, além da interrupção das atividades entre 20h e 5h, até o próximo dia 31, trouxeram uma série de mudanças para os municípios.

Diante das inúmeras mudanças colocadas em vigor nos últimos dias, o uso da máscara cobrindo nariz e boca em espaços públicos e privados, vias públicas e transporte coletivo, segue sendo a maneira mais efetiva de evitar a contaminação pelo vírus. O não cumprimento desta medida receberá uma multa de R$2.000, ou R$4.000 nos casos de reincidência.

Entenda o que muda no comércio e prestação de serviços em Nova Santa Rita:

- Estabelecimentos ficam proibidos de prestar serviço ou comercializar produtos não essenciais nos horários de funcionamento reservados às atividades essenciais;

- Os itens não essenciais não poderão ficar expostos nas prateleiras, podendo ser comercializados somente no modo de tele-entrega;

- São considerados essenciais bens relacionados à alimentação, saúde e higiene da população;

- Comércios de itens não essenciais podem atender apenas no formato de pague busque ou tele-entrega até às 20h;

- Devem permanecer fechadas, com apenas 25% dos trabalhadores atendendo às demandas de tele-entrega, pague e leve e drive-thru, lancherias, bares, lanchonetes e sorveterias;

- A educação pública e privada segue com aulas remotas;

- Lojas de materiais de construção podem funcionar até 20h, tanto no atendimento presencial, tele-entrega, pague e leve e drive-thru;

- Faxineiros, cozinheiros, motoristas, babás, jardineiros e similares, podem desenvolver suas atividades desde que respeitado o limite de 50% dos trabalhadores;

- Serviços religiosos podem funcionar com 10% de ocupação ou com no máximo 30 pessoas presentes;

- Postos de combustíveis seguem em funcionamento com 25% dos trabalhadores;

- Restaurante, lanchonetes, bares e serviços em geral podem funcionar com 25% da equipe de funcionários, mesmo no formato tele-entrega e pague e leve;

- Restaurantes em beira de estradas podem receber 25% de sua capacidade de clientes, com quadro de 25% da equipe no trabalho;

- Transporte coletivo municipal e metropolitano de passageiros, podem circular com 50% da capacidade de passageiros;

- No transporte rodoviário de carga é permitido 100% dos trabalhadores;

-Salões de cabeleireiro e barbeiro permanecem fechados, assim como serviços domésticos;

- Locais públicos abertos como parques, praças, devem ser utilizados somente para circulação, desde que respeitado o distanciamento interpessoal e o uso obrigatório e correto de máscaras;

- Áreas de convivências como piscinas, salão de festas e espaço para ginástica dentro dos condomínios também devem permanecer fechados;

- Bancos, lotéricas e similares podem realizar atendimento individual, sob agendamento, com 50% dos funcionários;

- Imobiliárias funcionam com 25% do quadro de colaboradores, realizando teleatendimento;

- Academias de ginástica devem permanecer fechadas.

Atualização de casos

O relatório semanal de casos da Covid-19 em Nova Santa Rita, divulgado no sábado, 6, pela Prefeitura Municipal, aponta para o número de 2.115 munícipes confirmados desde o início da pandemia. Destes, 1.404 pessoas encontram-se recuperadas e 31, infelizmente, vieram a óbito.  Na última semana, foram realizadas 439 testagens, sendo 208 positivadas e 231 descartadas.

 

Andréia Pires - CMNSR
Jornalista - MTB 17976/RS